Bell e Ingersoll imprimem em 3D uma ferramenta de corte

A Ingersoll Machine Tools e a Bell Textron, uma empresa da Textron Inc. (NYSE: TXT), revelaram os detalhes de um esforço colaborativo utilizando a impressora 3D de grande formato MasterPrint 3D para fabricar com sucesso uma ferramenta de corte a vácuo de 22 pés de comprimento para a produção dos componentes principais da pá do rotor.

O impressionante projeto foi realmente concluído em 2019, mas não havia sido divulgado até agora devido a preocupações com vantagens competitivas e sigilo típico na fabricação de peças aeroespaciais avançadas.

bell
Fonte:(https://www.3dprintingmedia.network)

O esforço utilizou a impressora 3D híbrida de grande formato MasterPrint3X tipo pórtico da Ingersoll e a fresadora de 5 eixos alojada na sede da Ingersoll em Rockford, IL.

“Estamos continuamente testando e aprimorando o MasterPrint em nosso Centro de Desenvolvimento”, disse Chip Storie, CEO da Ingersoll resiliência normalmente obtida com a tecnologia tradicional, mas com a redução de custo e tempo que só a manufatura aditiva pode oferecer. O progresso implacável que nosso processo MasterPrint fez em 2020 finalmente tornou essa meta alcançável”.

Este esforço de produção imprimiu em 3D a ferramenta de corte da lâmina do rotor usando 1.150 libras de material ABS com 20% de fibra de carbono picada. O processo de impressão foi concluído como uma peça única em uma operação contínua de 75 horas. Após a impressão, as superfícies do molde e os recursos de localização das ferramentas foram usinados para as dimensões acabadas, trocando o módulo de impressão pelo cabeçote de fresagem de 5 eixos, que pode ser trocado na máquina MasterPrint™. A usinagem foi concluída em uma semana e a peça final atingiu a estanqueidade total ao vácuo. A máquina Ingersoll utiliza o sistema de controle CNC Siemens Sinmerik One para controlar a usinagem e a impressão 3D.

A economia de tempo crítica foi alcançada através da fabricação de impressão 3D e operações eficientes de usinagem de 5 eixos. Os processos de manufatura aditiva e subtrativa foram perfeitamente coprojetados no formato de software CAD nativo. O ciclo de construção tradicional para um molde típico em alumínio como este usando métodos padrão é normalmente de 4 a 5 meses. Este processo de fabricação foi concluído em questão de semanas.

bell
Fonte:(https://www.3dprintingmedia.network)

 

bell
Fonte:(https://www.3dprintingmedia.network)

“Por muitos anos, a Bell utilizou materiais compostos para fabricar componentes de fuselagem, incluindo componentes produzidos em máquinas Ingersoll Machine Tools Tape Layer. Esses materiais semelhantes agora estão sendo utilizados para fabricar os moldes que formam os componentes da fuselagem. A utilização desse equipamento de fabricação rápida permitirá que a Bell acelere muito nosso desenvolvimento de ferramentas para muitas aplicações dentro da organização Bell”, disse James Cordell, gerente sênior de estabilidade de processo da Bell.

A Ingersoll Machine Tools, Inc. desempenhou um papel importante ao possibilitar técnicas inovadoras de produção de estruturas de aeronaves para os principais projetos de aeronaves em todo o mundo e agradecemos a oportunidade de apoiar a Bell na construção de seu futuro. Para saber mais sobre esses e outros projetos inovadores da Ingerson acesse o site.

Para continuar por dentro das principais novidades do mundo da manufatura aditiva acesse o nosso site.

categoria(s):

Marcus Figueiredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
× Como posso te ajudar?