//Nano Dimension desenvolvendo novo material de impressão 3D condutor
nano

Nano Dimension desenvolvendo novo material de impressão 3D condutor

A Nano Dimension anunciou uma parceria com a XPTL para desenvolver uma nova tinta condutora para seus sistemas baseada em nanopartículas. Apesar da nanotecnologia já está razoavelmente consolidada dentro do mercado ainda existem muitas possibilidades a serem exploradas utilizando ela, e a tinta desenvolvida pela empresa é um exemplo disso.

A Nano Dimension é fabricante de impressoras 3D especializadas para a indústria eletrônica. Usando seu sistema DragonFly, é possível imprimir em 3D placas de circuito complexas de maneiras que não podem ser alcançadas facilmente usando meios convencionais. O “3” em 3D não é particularmente proeminente, pois o eixo Z do DragonFly tem apenas três milímetros de espessura. No entanto, isso é mais do que suficiente para permitir a impressão de placas de circuito multicamadas.

A impressão de placas de circuito complexas é uma demanda cada vez maior à medida que a eletrônica se desenvolve e precisa de novos produtos para atender suas necessidades, sobre essa ótica a Nano da uma passo muito importante ajudando a fomentar o desenvolvimento tecnológico da indústria eletrônica.

nano
Semicondutor (Fonte:https://economia.ig.com.br)

A XTPL é uma empresa polonesa que desenvolve tintas concentradas de prata com nanopartículas para uma variedade de aplicações industriais, incluindo semicondutores, displays visuais, biossensores, antifalsificação e PCBs.  Que também passaram a ter uma demanda maior com o desenvolvimento de novos circuitos eletrônicos usados pela indústria.  Assim, a parceria formada pela duas empresas no desenvolvimento do novo produto pode ajudar bastante não só a suprir a demanda do mercado como a fomentar o desenvolvimento de novas tecnologias utilizando o material.

Objetivos da Nano Dimension

A Nano Dimension e a XTPL se concentrarão no desenvolvimento de novas tintas condutoras de nanopartículas para aplicações AME [Additively Manufactured Electronics], permitindo alta condutividade e material de alto desempenho adequado para tecnologia de impressão eletrônica 3D para entrega ultraprecisa de nanomateriais.

Aparentemente as tintas da XTPL são totalmente adequadas para uso em impressão 3D, podendo fornecer uma resolução menor que um micrômetro (0,001mm) se dispensadas por equipamento adequado.

Aqui está um exemplo de deposição de material XTPL, em uma escala incrivelmente pequena:

O diretor de produtos da Nano Dimension, Hanan Gino, disse:

“Adicionar novos materiais ao nosso portfólio é um objetivo estratégico fundamental para a Nano Dimension. Além do desenvolvimento interno de tintas dielétricas e condutoras, fazemos parcerias com empresas de materiais para expandir nosso portfólio de materiais para diferentes aplicações. A experiência da XTPL permitirá que nossos clientes desenvolvam com mais facilidade novas classes de dispositivos eletrônicos de alto desempenho (Hi-PEDs) em nossos sistemas inteligentes AME combinando software, hardware, aprendizado profundo/de máquina e materiais para soluções industriais avançadas.”

Em outras palavras, este novo material deve sobrecarregar a capacidade dos operadores do DragonFly de criar PCBs exclusivos com o sistema. É possível que o material e a tecnologia XTPL forneçam uma resolução muito maior para estruturas de PCB e, portanto, o tamanho dos PCBs possa ser reduzido ou, alternativamente, tornado mais complexo no mesmo espaço.

Nano
PCB (Fonte:https://blog.fazedores.com)

No entanto, pode haver alterações de hardware necessárias para que isso ocorra. De acordo com o site da XTPL, a empresa usa uma cabeça de impressão proprietária e tecnologia de dispensação que eles chamam de “UPD”, ou tecnologia de dispensação ultraprecisa. O UPD pode depositar em linhas e pontos simples com larguras variadas.

Pode ser que o futuro equipamento DragonFly precise incorporar de alguma forma a tecnologia UPD na montagem do cabeçote de impressão, e esse é provavelmente o foco do trabalho conjunto das duas empresas. O projeto ainda não está pronto, mas assim que estiver veremos um produto que poderá ajudar a desenvolver ainda mais o setor de tecnologia, enquanto isso se quiser saber mais sobre a tinta leia a matéria completa no site.

Para continuar por dentro das principais notícias do mundo da impressão 3D acesse o nosso site.