//Renault instala plataforma CMF-B e produzirá novo motor no Paraná
renault

Renault instala plataforma CMF-B e produzirá novo motor no Paraná

O Renault Group anunciou na semana passada que irá instalar a nova plataforma CMF-B, da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, no Complexo Industrial Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR). Nesta plataforma será produzido um novo SUV. Além disso, a empresa também comunicou que um novo motor 1.0 turbo passará a ser produzido na fábrica de motores instalada no mesmo complexo.

Além disso, a plataforma CMF-B possibilitará a produção de novos veículos no futuro, inclusive com a possibilidade de eletrificação, “em coerência com o plano Renaulution”. A iniciativa, segundo a Renault, dá sequência ao plano estratégico mundial do grupo, que muda o foco de “volumes” para “valor”, que agora entra na fase Renovation com a chegada de novos produtos.

“Esta decisão demonstra o início da fase “Renovation” do nosso plano estratégico Renaulution na América Latina. Seguimos trabalhando para a aprovação de outros produtos para os demais países da latam onde temos fabricação”, disse Luiz Fernando Pedrucci, presidente da Renault América Latina, em reunião com o governador paranaense, Carlos Massa Ratinho Junior, na semana passada.

renault
Fonte: (https://www.usinagem-brasil.com.br)

“A chegada da moderna plataforma CMF-B, juntamente com um novo motor 1.0 turbo dão continuidade à nossa estratégia de reforçar nossa presença em segmentos mais altos do mercado, coerente com o plano estratégico Renaulution”, acrescentou Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.

Os recursos que serão investidos nesta fase, de acordo com Pedrucci, integram o ciclo de investimentos de R$ 1,1 bilhão anunciado há um ano. Neste período, a Renault do Brasil realizou o lançamento do novo Captur com novo motor turbo TCe 1.3 Flex, Kwid 2023, da nova Master 2023 e do Duster com novo motor turbo TCe 1.3 Flex. A conclusão deste ciclo de investimento acontecerá no primeiro semestre deste ano com mais um lançamento.

A montadora destacou ainda que a aprovação do acordo coletivo com o Sindicato dos Metalúrgicos da grande Curitiba (SMC) e os colaboradores em 2020, trouxe previsibilidade e flexibilidade, fundamentais para a aprovação desta nova plataforma, do novo SUV e do novo motor 1.0 turbo. O acordo tem duração de quatro anos (2020-2024).

A notícia sem dúvida abre muitas portas não só para os entusiastas da marca com para os profissionais que desejam trabalhar no setor, se você deseja saber mais sobre a nova plataforma leia a matéria no site.

Para continuar por dentro das principais notícias da indústria automotiva acesse o nosso site.