Stellantis desenvolve projeto de conversão elétrica em parceria com o Senai

Em parceria com o programa Senai A3 da Rota 2030, a Stellantis está trabalhando em um projeto de retrofit elétrico, para a conversão de veículos comerciais leves novos e usados com motor a combustão interna para a propulsão com powertrain elétrico. Além da Stellantis, a iniciativa conta com a parceria das empresas Weg e FuelTech. A proposta é oferecer uma solução inovadora de mobilidade sustentável com emissão zero e assegurar qualidade na conversão de veículos como equipamento original de fábrica, garantindo segurança, durabilidade e homologação.

Com o projeto, a Stellantis dá mais um passo em direção ao avanço do seu plano estratégico Dare Forward 2030, que acelera e fortalece a estratégia de descarbonização do grupo líder do setor, com a meta de tornar-se carbono neutra até 2038.

NOVO POWERTRAIN

O processo de conversão começou em 2022, envolvendo os modelos utilitários Fiat Fiorino e Peugeot Partner Rapid. Na etapa atual do programa de desenvolvimento, é feita a remoção do powertrain a combustão e instalado o kit de conversão e o conjunto de baterias, que se aloja no compartimento de carga para evitar adaptação da estrutura.

stellantis
Por enquanto os veículos estarão disponíveis apenas para o consumidor B2B.

Os testes desses carros serão em vias públicas para identificar os principais fatores técnicos e econômicos envolvendo os componentes locais dos veículos. Para isso, será realizada uma coleta de dados para entender melhor o uso e ajustar os parâmetros, caso necessário. A proposta é oferecer veículos elétricos acessíveis, destinados a profissionais com utilização urbana diária média de 100 quilômetros. Os utilitários serão disponibilizados a partir de abril para os clientes B2B selecionados.

MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

“A Stellantis está na corrida para construir um negócio sustentável e lucrativo que promova a economia circular nos mercados em que operamos. Essa metodologia é mais um passo na direção da oferta de mobilidade sustentável e acessível, que é nossa prioridade”, diz o diretor dos Programas e Planejamento de Produtos da Stellantis para a América do Sul, Breno Kamei. “Nesse momento, essa iniciativa está sendo desenvolvida apenas em frotas de veículos comerciais, mas a intenção é expandirmos para outros modelos, a fim de atender a todos os públicos nas próximas etapas”, acrescenta.

“Para o Senai, o projeto representa uma excelente oportunidade para desenvolver competências, de forma a contribuir, cada vez mais, para a evolução das tecnologias voltadas para o processo de descarbonização da economia, para a sustentabilidade e economia circular. Aportando recursos, know-how e capital intelectual para o incremento da competitividade da indústria do setor, esperamos compartilhar com os parceiros do projeto os frutos do pioneirismo representado por esta iniciativa”, afirma o gerente de Operações do Instituto Senai de Inovação em Sistemas Embarcados, Leonardo Oliveira.

O projeto de retrofit articula várias áreas de competência da Stellantis. Tem uma forte relação com a SustaiNera, cujo foco é oferecer aos clientes a opção de manutenção dos veículos com menor custo, através de uma linha de peças remanufaturadas que foi lançada recentemente no Brasil, com garantia total de qualidade e confiabilidade, além de representar o compromisso da Stellantis com soluções de produtos e serviços sustentáveis e acessíveis. O SUSTAINera faz parte da Unidade de Negócios de Economia Circular da Stellantis, cujos principais objetivos são prolongar a vida útil dos veículos e peças, garantindo sua maior durabilidade, e devolver materiais e veículos em fim de vida ao ciclo de fabricação de novos veículos e produtos.

O programa também se articula com o programa de intraempreendedorismo Stellantis Venture Lab e a unidade de negócios global do e-Mobility, que impulsiona o ecossistema de mobilidade elétrica para dar suporte aos usuários dos veículos eletrificados. Assim, o e-Mobility aumenta a acessibilidade dos veículos elétricos no país, em alinhamento às soluções globais voltadas para a mobilidade elétrica e sustentável, a fim de assegurar a melhor experiência ao consumidor.

RETROFIT NA EUROPA

As inovações que integram a economia circular se estendem além do Brasil. Na Europa, a Stellantis se uniu à Qinomic, empresa de alta tecnologia especializada em soluções inovadoras e sustentáveis para mobilidade, com o objetivo de atender à necessidade dos clientes de ampliar a vida útil de seus veículos e continuar as atividades comerciais enquanto acessa zonas de baixas emissões (LEZ) nas cidades.

A conclusão bem-sucedida deste desenvolvimento conjunto em 2023 e o feedback positivo dos clientes sobre o desempenho dos carros de demonstração levarão à implementação e comercialização a partir de 2024, primeiro na França e depois em toda a Europa.

A extensão da vida útil dos veículos é um dos principais objetivos da Unidade de Negócios de Economia Circular da Stellantis, que impulsiona a iniciativa em colaboração com a Unidade de Negócios de Veículos Comerciais e Stellantis Venture Studio (SVS), uma equipe global com foco em acelerar inovações tecnológicas em novas aplicações de negócios, através de parcerias e de um programa interno de intraempreendedorismo. Para saber mais acesse o site.

Para continuar por dentro das principais notícias do mundo da indústria acesse o nosso site.

categoria(s):

Marcus Figueiredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top
× Como posso te ajudar?