Taurus investe em 7 centros de usinagem da Grob

 Com o objetivo de dobrar a capacidade de produção do modelo mais vendido de sua linha de produtos, o revólver Raging Hunter, a Taurus adquiriu sete novos centros de usinagem da Grob do Brasil. O investimento nas novas máquinas é de R$ 25 milhões, segundo comunicado divulgado pela Taurus.

São quatro centros horizontais de 4 eixos G440, dois centros horizontais de 5 eixos G350 de 2ª geração e um centro horizontal bifuso de 5 eixos G320 também de segunda geração. As duas primeiras máquinas chegaram à fábrica da empresa, em São Leopoldo (RS), no final de agosto. O objetivo é elevar a capacidade produtiva de 125 unidades/dia para 250 unidades/dia.

Segundo a Taurus, a aquisição faz parte dos objetivos traçados em seu Plano Estratégico, “de continuar investindo fortemente em tecnologias de última geração para aumentar sua capacidade produtiva e agregar ainda mais qualidade, tecnologia e inovação às armas que produz”.

taurus
Fonte:(https://www.usinagem-brasil.com.br)

As novas máquinas, de acordo com a compradora, irão proporcionar maior versatilidade nos processos, possibilitando a produção de peças complexas com uma só fixação. Além disso, irão permitir melhor acesso às ferramentas, economia de tempo, maior robustez e aumento da produtividade, quando comparados aos centros de usinagem verticais. Entre as características destacadas pela Taurus, estão “a troca de ferramentas de corte em menos de 2 segundos e rotações de até 20.000 rpm, que garantem qualidade e precisão das peças usinadas”.

“A Taurus segue seu planejamento estratégico, de modernização do parque fabril, em direção à Indústria 4.0, o que continuará a impulsionar os resultados da empresa no que se refere a capacidade operacional, integração e avanço tecnológico, sempre pautados em nosso compromisso com a excelência. A inovação faz parte hoje do DNA da Taurus”, afirma Salesio Nuhs, CEO da Taurus.

INOVAÇÕES DA TAURUS

Segundo ele, nos últimos anos, a Taurus tem promovido a renovação de seu parque fabril com a aquisição de equipamentos e maquinários de última geração, expandindo o seu complexo industrial, inclusive atraindo fornecedores estratégicos – projeto que recebeu investimentos superiores a R$ 110 milhões.

A empresa também tem investido em pesquisa e desenvolvimento em parcerias inéditas com instituições de ensino, como as universidades federais do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e as universidades de Caxias do Sul e do Vale do Rio dos Sinos.

Entre as realizações tecnológicas mais recentes da empresa estão o desenvolvimento da primeira arma com grafeno, a GX4 Graphene, com tecnologia desenvolvida no Brasil. Outro destaque, em parceria com a Nione, do grupo Randon, é a aplicação de nanopartículas de nióbio em ligas de metais que, junto com o grafeno, “completará novo ciclo tecnológico de materiais inéditos utilizados na fabricação de armamentos Taurus, adicionando ao portfólio armas cada vez mais leves e resistentes”.

Além disso, está negociando um contrato de nacionalização da tecnologia de aplicação de DLC (Diamond Like Carbon), tecnologia de revestimento que aumenta a dureza do aço. A empresa também está em processo de transferência de tecnologia com uma empresa norte-americana para desenvolver polímeros com fibras longas, material que proporciona maior resistência e robustez ao produto.

Os investimentos realizados no primeiro semestre de 2022 somaram cerca de R$ 80 milhões e foram destinados a projetos de armas táticas, pistolas, revólveres, à unidade de produção de MIM (metal injection molding), o novo negócio de produção de supressores (silenciadores) e infraestrutura. Os planos para o segundo semestre envolvem o investimento de R$ 90 milhões. O montante estimado inclui a construção do novo prédio do MIM, que comportará o forno adquirido ao final de 2021, com previsão de entrega no primeiro trimestre de 2023, e permitirá dobrar a capacidade de produção dessa unidade, além de possibilitar a produção de peças em aço inoxidável. Para saber mais acesse o site.

Para continuar por dentro das principais notícias do mundo da indústria acesse o nosso site.

categoria(s):

Marcus Figueiredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima
× Como posso te ajudar?