Triditive e Foxconn desenvolverão um sistema AM de jato de ligante de metal

A gigante de eletrônicos taiwanesa Foxconn uniu forças com a empresa asturiana Triditive, uma empresa de referência global em manufatura aditiva, para desenvolver uma impressora 3D aproveitando a tecnologia de jateamento de ligantes. Há vários anos, a Triditive desenvolve e comercializa sistemas de extrusão de metal encadernado sob medida para a produção de peças, sob a marca AMCELL. A Triditive e a Foxconn agora trabalharão juntas para ampliar ainda mais as capacidades de fabricação automatizada da plataforma AM, marcando um marco muito importante e uma conquista significativa para a startup asturiana liderada pelo CEO Mariel Diaz.

A tecnologia de jato de ligante é um processo de fabricação aditiva à base de sinterização de leito de pó. O processo consiste na deposição seletiva do ligante, até uma cabeça de ‘inkjet’ sobre um leito de metal (ou pós cerâmicos). A experiência da Triditive com extrusão de metal encadernado, também um processo baseado em sinterização, ajudará a Foxconn a competir em um segmento que já vê gigantes como HP, GE e Desktop Metal envolvidos em uma corrida ao mercado.

O que diferencia essa metodologia das demais do mercado é a escalabilidade de produção e a redução de custos na fabricação de peças metálicas, tornando-a mais atrativa para adoção de AM em escala. No entanto, o desenvolvimento de jateamento de ligantes metálicos para produção de peças de alto rendimento tem sido retardado por muitos desafios, relacionados principalmente ao processo de sinterização.

O processo da Triditive

Para o desenvolvimento dos ‘ligantes’, a Triditive irá colaborar com a Tecnalia, um centro de investigação e desenvolvimento tecnológico localizado no País Basco de Espanha. Os pós metálicos são selecionados e otimizados em parceria com o centro tecnológico alemão Fraunhofer.

triditive
Fonte:(https://www.3dprintingmedia.network)

A tecnologia de jateamento de ligantes visa introduzir uma maneira mais rápida de criar peças metálicas em um processo aditivo em comparação com as tecnologias existentes. Para isso, as cabeças de impressão a jato de tinta oferecem um alto nível de precisão; sendo capaz de reproduzir até mesmo detalhes muito pequenos.

Ressalta-se que o processo dispensa o uso de estruturas de suporte e o pó em excesso pode ser reaproveitado. Por outro lado, o nível de acabamento superficial e as propriedades mecânicas das peças resultantes as tornam ideais para aplicações de uso final.

Essas condições permitem que a produção seja ampliada e otimizada, além de reduzir custos, em um momento em que problemas de estoque e materiais representam um desafio industrial global.

A Foxconn é uma das maiores empresas do setor de tecnologia. A empresa é conhecida como fabricante de aparelhos para gigantes como Apple, Sony e Intel, entre muitas outras. Embora seja conhecido como um dos principais adotantes de tecnologias de AM para ferramentas e prototipagem, esta é a primeira vez que a gigante manufatureira faz uma referência direta à impressão 3D e aos equipamentos de impressão 3D desenvolvidos internamente. A empresa provavelmente está considerando implementar alguma impressão 3D na produção como meio de reduzir tarefas de alta mão de obra e automatizar cada vez mais suas capacidades de produção.

Em relação a este novo sistema de produção, a Triditive possui uma patente na Espanha para máquinas automatizadas, além de liderança em manufatura aditiva em nível internacional. Tais características que o tornaram um parceiro ideal para o maior fabricante de componentes eletrônicos do mundo. 

O anúncio feito pela empresa pode ser um sinal de que a mesma poderá dar um maior espaço para a impressão 3D em seus projetos e na sua produção,  o que é um movimento alinhado com o mercado que cada vez mais vai absorvendo a tecnologia da manufatura aditiva nos mais variados setores. Ainda não sabemos como e quando isso irá ocorrer mas para conhecer mais sobre a Triditive acesse o site.

Para continuar por dentro das principais novidades do mundo da impressão 3D acesse o nosso site.

categoria(s):

Marcus Figueiredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
× Como posso te ajudar?