ArianeGroup amplia parceria com a GKN Aerospace

A GKN Aerospace assinou um contrato com o ArianeGroup para fornecer a próxima fase das turbinas Ariane 6 e bicos Vulcain. O contrato inclui a fabricação e o fornecimento de unidades para os próximos 14 lançadores Ariane 6 – a serem produzidos a partir de agora até 2025, e abrange o período de industrialização da tecnologia inovadora de soldagem a laserestruturas fabricadas aditivamente .

A GKN Aerospace, em sua unidade de Trollhättan na Suécia, está atualmente focada na industrialização e integração de tecnologia inovadora em seus produtos Ariane 6. Isso inclui a parede do canal do bocal, que incluirá todas as novas tecnologias em uma aplicação de voo. O design foi aprimorado continuamente ao longo do tempo e, durante o processo de lote de transição, será ainda mais amadurecido no centro de excelência de última geração da GKN Aerospace . Isso é essencial para se preparar para o aumento da produção na próxima fase de exploração do lançador.

gkn
Fonte:(https://www.3dprintingmedia.network)

A unidade de negócios espaciais da GKN Aerospace, em Trollhättan, tem atuado no programa Ariane desde seu início em 1974 – tendo contribuído para o programa em todas as etapas, desde a pesquisa inicial e desenvolvimento até a produção em série. Até o momento, a GKN Aerospace fabricou mais de 1.000 câmaras de combustão e bicos, bem como mais de 250 turbinas, para o foguete Ariane.

Um grande passo para a GKN

“A assinatura deste contrato é um importante passo à frente, não apenas para a GKN Aerospace e as atividades de lançamento na Suécia, mas para todo o programa Ariane 6”, disse Martin Velander, Diretor do Programa de Motores de Lançador da GKN Aerospace. “Reforça que a participação sueca é fundamental para o futuro do lançador e para o futuro da exploração espacial europeia.”

gkn
Fonte:(https://www.3dprintingmedia.network)

“Após a assinatura dos contratos de exploração com a Sabca, Airbus Spain, Europropulsion, Avio e MTAerospace, este contrato com a GKN Aerospace é um novo e importante passo para uma forte equipe europeia do Ariane 6”, disse Stephane Nogatchewsky, chefe de compras do ArianeGroup . “Enquanto o voo inaugural do Ariane 6 está se aproximando e o ramp-up industrial está se intensificando, esta colaboração é um marco positivo e crítico para o futuro das operações do Ariane 6. Além disso, a unificação dos atores europeus é fundamental para garantir maior robustez e competitividade industrial A6 e preservar o acesso autônomo europeu ao espaço”.

O programa Ariane 6 é o único ativo europeu que permite acesso independente ao espaço para missões estratégicas. Ele também oferece flexibilidade para lançar cargas pesadas e leves em uma ampla gama de órbitas para aplicações como observação da Terra, telecomunicações, meteorologia, ciência e navegação. Para saber mais acesse o site.

Para continuar por dentro das principais notícias do mundo da indústria acesse o nosso site.

categoria(s):

Marcus Figueiredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top
× Como posso te ajudar?