Braço robótico totalmente flexível ajustável com realidade aumentada

Contorcionista robótico

Um braço robótico flexível pode torcer e girar em todas as direções, tornando-o facilmente ajustável para aplicações na indústria, manutenção de naves espaciais e até reabilitação de lesões.

Em vez de ser limitado por membros rígidos e articulações firmes, o braço versátil é facilmente dobrável de forma livre.

Esse nível de flexibilidade insuperável foi possível com o uso de camadas de folhas de mylar (uma espécie de celofane) sobrepostas, que deslizam umas sobre as outras e podem se encaixar.

Na prática, os operários que trabalham ao lado do robô poderão dobrar manualmente o braço robótico na forma precisa necessária para cada tarefa.

Realidade aumentada

Nos primeiros testes, configurar o robô em formas específicas sem orientação provou ser difícil para os usuários. Para superar essa deficiência no uso prático, os pesquisadores projetaram então um sistema para que os usuários vejam em realidade aumentada como configurar seu robô.

Usando óculos inteligentes de realidade mista, e por meio de câmeras de rastreamento de movimento, os usuários veem modelos e designs à sua frente sobrepostos em seu ambiente do mundo real. Eles então ajustam o braço robótico até que ele corresponda ao modelo, que fica verde quando a configuração está correta, quando então o robô é travado no lugar para manter o referencial de movimento.

braço
Fonte:(https://www.inovacaotecnologica.com.br)

“Um dos principais problemas no ajuste desses robôs é a precisão em sua nova posição. Nós, humanos, não somos bons em garantir que a nova posição corresponda ao modelo, e é por isso que procuramos ajuda da realidade aumentada.

“Mostramos que a realidade aumentada pode simplificar o trabalho ao lado do nosso robô maleável. A abordagem oferece aos usuários uma variedade de posições do robô fáceis de criar, para todos os tipos de aplicações, sem precisar de tantos conhecimentos técnicos,” disse o professor Nicolas Rojas, do Imperial College de Londres.

Usos potenciais

Os pesquisadores testaram o sistema com a ajuda de cinco operários com experiência em robótica, mas sem experiência na manipulação de robôs maleáveis especificamente. Embora o grupo de participantes tenha sido pequeno, os resultados iniciais mostram que a realidade aumentada pode ser uma ótima abordagem para lidar com os robôs maleáveis.

As aplicações potenciais do braço robótico incluem fabricação e manutenção de edifícios e veículos. Como o braço é leve, ele também pode ser usado em naves espaciais, onde instrumentos de baixo peso são preferidos.

O robô também é suave o suficiente para ser usado na reabilitação de lesões, ajudando um paciente a realizar exercícios enquanto seu fisioterapeuta realiza outro, propõem os pesquisadores.  As possibilidades são inúmeras para o braço robótico para conhecer mais sobre elas leia a matéria completa no site.

Para continuar por dentro das principais novidades do mundo da indústria robótica acesse o nosso site.

categoria(s):

Marcus Figueiredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
× Como posso te ajudar?