//Liebherr fornecerá o primeiro componente complexo impresso em 3D para o Airbus A350
Liebherr

Liebherr fornecerá o primeiro componente complexo impresso em 3D para o Airbus A350

A Liebherr-Aerospace Lindenberg GmbH, uma subsidiária do Grupo Liebherr – um dos maiores fabricantes de equipamentos de construção do mundo – atingiu um novo marco. A empresa foi selecionada pela Airbus para fornecer o atuador da porta de carga inferior e a válvula para a aeronave Airbus A350. A válvula complexa será produzida usando manufatura aditiva.

liebherr
Fonte:9https://www.3dprintingmedia.network)

O Grupo é um fabricante de equipamentos multinacional germano-suíço com sede em Bulle, Suíça, com suas principais instalações de produção e origem na Alemanha. A empresa-mãe do Grupo é a Liebherr-International AG, que é totalmente detida por membros da família Liebherr e está localizada em Bulle, Suíça.

A Liebherr-Aerospace Lindenberg, centro de competência da Liebherr para sistemas de controle de voo, trens de pouso, engrenagens, caixas de câmbio e eletrônica, está colaborando intensamente com a Airbus no desenvolvimento de componentes fabricados aditivamente.

No início de 2019, a Liebherr-Aerospace iniciou a produção em série de peças impressas em 3D. A empresa certificou com sucesso e entregou um suporte de sensor de proximidade impresso para o trem de pouso do nariz da aeronave A350. Este suporte foi a primeira peça do sistema Airbus introduzida a ser qualificada para fabricação aditiva de titânio. Agora, a Airbus e a Liebherr estão lançando um componente mais complexo – a válvula do sistema de acionamento da porta de carga inferior – para a mesma aeronave.

liebherr
Fonte:(https://www.3dprintingmedia.network)

Os componentes do grupo estão a bordo de todos os programas de aeronaves comerciais da Airbus, e este contrato é mais uma demonstração da confiança entre as duas empresas e seu compromisso mútuo em introduzir inovações de ponta na indústria de fabricação de aeronaves.

liebherr
Fonte:(https://www.3dprintingmedia.network)

Isso está longe de ser o primeiro uso de AM da Airbus. No ano passado, foi relatado que a Materialize estava imprimindo cerca de 100 números de peças diferentes para a aeronave Airbus A350 – totalizando aproximadamente 26.000 peças por ano em todo o ecossistema A350. Alguns meses depois,  a AP&C, fornecedora de pós metálicos da GE Additive com sede na província canadense de Quebec, firmou uma parceria com a Airbus por meio da qual foi acordado que a empresa forneceria pós de titânio para aplicações de manufatura aditiva de metais, para a Airbus . Cada vez mais a manufatura aditiva vai ganhando espaço dentro da indústria aeronáutica para saber mais sobre a aeronave acesse o site.

Para continuar por dentro das principais notícias do mundo da impressão 3D acesse o nosso site.