Mouser apoia a DS Penske Formula E; no Brasil a corrida será realizada pela primeira vez em São Paulo

A Mouser Electronics, Inc., uma das líderes globais na introdução de novos produtos que fortalecem a inovação, acaba de anunciar seu apoio ao grupo Penske Autosport e à recém-formada equipe DS Penske Formula E, para a nona temporada do ABB FIA Formula E World Championship, o grupo Penske Autosport fará parceria com a marca automotiva francesa DS Automobiles.

A Mouser faz a parceria com a equipe DS Penske

Durante a temporada de corridas do ABB FIA Formula E World Championship de 2022-23, em colaboração com a TTI, Inc. e os parceiros Molex e Kyocera AVX. Desde 2015, a Mouser e a Molex fazem parceria para patrocinar corridas de Fórmula E.

“Estamos entusiasmados por fazer parte desta equipe recém-formada da DS Penske Formula E”, diz Todd McAtee, vice-presidente sênior de Desenvolvimento de Negócios da Mouser Electronics. Junto com a equipe recém-formada, vêm dois novos pilotos apoiados pela Mouser. Os pilotos da equipe DS Penske para a 9ª temporada serão o atual campeão mundial de Fórmula E Stoffel Vandoorne e o bicampeão de Fórmula E Jean-Eric Vergne – criando uma das equipes mais fortes que a série já viu.

Vindo de uma campanha incrivelmente bem-sucedida do carro de segunda geração, que rendeu dois títulos de Pilotos e Equipes entre 2019 e 2020, além de vários recordes incomparáveis ​​(10 vitórias, 15 pole positions e 28 pódios ), a equipe apoiada pela Stellantis revelou oficialmente seu DS E-Tense FE23. O carro 100% elétrico de terceira geração, com sua pintura preta e dourada instantaneamente reconhecível, incorpora perfeitamente o espírito da DS Automobiles e é a prova do mais recente salto tecnológico.

“Estamos muito entusiasmados por mais uma vez nos unirmos à Mouser para apoiar a DS Penske e promover este esporte empolgante e seu destaque em tecnologias automotivas sustentáveis ​​do futuro”, diz Mike Morton, CEO da TTI.

“Este novo capítulo da Fórmula E promete continuar a evolução deste esporte emocionante e serve como uma vitrine poderosa para seu futuro elétrico”, afirma Fred Bell, vice-presidente de Distribuição Global da Molex. “A Mouser e a Molex têm sido apoiadores orgulhosos desde o início da Fórmula E, e desejamos à equipe DS Penske uma temporada segura e bem-sucedida.”

mouser
Fonte:(https://ipesi.com.br)

“Estamos muito satisfeitos em colaborar com Mouser e TTI em nossa parceria com a equipe de corrida DS Penske Formula E para mais uma temporada emocionante”, diz Alex Schenkel, vice-presidente sênior de Vendas Globais da Kyocera AVX.

O DS E-Tense FE23 apresenta uma série de mudanças significativas em relação ao seu antecessor. Os carros Gen3 são os mais rápidos já vistos no Campeonato Mundial de Fórmula E, com velocidade máxima de 280 km/h, além de serem 60 kg mais leves que o carro Gen2. O mais importante, no entanto, é a eficiência – com mais de 40% da energia usada em uma corrida proveniente da regeneração durante a frenagem.

Crucialmente, o DS E-Tense FE23 também é mais potente, produzindo 350 kW em comparação com 250 kW no carro Gen2, e está equipado com tração nas quatro rodas. Um novo trem de força dianteiro adiciona 250 kW extras à traseira, dobrando a capacidade de regeneração para um total de 600 kW.

A corrida tem tudo a ver com velocidade e resistência, e as parcerias de corrida são uma forma inovadora da Mouser de comunicar seu modelo de negócios voltado para o desempenho e promover as tecnologias mais recentes de seus parceiros de fabricação. A temporada 9 da Fórmula E começa em 14 de janeiro de 2023, com o E-Prix da Cidade do México.

NO BRASIL – No Brasil, a performance dos carros da ABB FIA Formula E World Championship de 2022-23 poderá ser conferida no dia 25  de março de 2023, quando o circuito do Anhembi, em São Paulo (SP), recebe a corrida da categoria de monopostos elétricos pela primeira vez. O anúncio da realização do evento foi anunciado em outubro passado.

Na ocasião, o prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes, destacou a relevância de uma prova automobilística, com carros elétricos, para uma cidade como São Paulo que tem uma gestão que busca a sustentabilidade e a preservação do meio ambiente.

“A cidade recebe milhares de eventos culturais, esportivos e de negócios todos os anos, e ter a Fórmula E no nosso calendário é motivo de orgulho e comemoração. Uma corrida com carros exclusivamente elétricos também vem ao encontro do nosso Programa de Metas, que tem os “Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS)” como premissa de concepção e execução em cada um dos seus 77 pontos”, frisou Nunes, que também destacou que o evento irá gerar dois mil novos empregos diretos na cidade, além de outros milhares de postos de trabalho de forma indireta.

A expectativa é de que 35 mil pessoas acompanhem o evento no circuito. Todas as arquibancadas terão visão para o grid de largada enquanto a corrida acontece pelo Sambódromo.

O diretor-presidente da SPTuris, Gustavo Pires, o Sambódromo do Anhembi foi encolhido pois houve uma identificação técnica de que a área era a ideal para receber a corrida. “A expectativa é que tenhamos um impacto econômico na cidade de algo em torno de 120 milhões de dólares”, disse. “Não há dinheiro novo no investimento da Prefeitura para realização do evento. O que tem da nossa parte é estrutura e logística. Vamos usar a estrutura que foi utilizada na Fórmula Indy”, disse.  Para saber mais acesse o site.

Para continuar por dentro das principais notícias do mundo da indústria acesse o nosso site.

categoria(s):

Marcus Figueiredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top
× Como posso te ajudar?