Stratasys publica primeiro relatório de sustentabilidade

A Stratasys, líder em soluções de impressão 3D de polímero, publicou seu relatório inaugural sobre atividades ambientais, sociais e de governança (ESG), seguindo os padrões GRI (“Global Reporting Initiative”) para relatórios de sustentabilidade. O relatório abrangente descreve o compromisso da empresa com ESG e estabelece referências para metas futuras.

Em 2021, aproveitando mais de 30 anos de liderança no setor, a Stratasys definiu sua estratégia ESG e estabeleceu formalmente uma função ‘Stratasys Sustainability‘ liderada por executivos como parte de um compromisso com a fabricação consciente mais sustentável por meio de soluções baseadas em aditivos.

O Mindful Manufacturing é o redesenho cuidadoso de processos, peças e cadeias de suprimentos, utilizando a impressão 3D em todo o ciclo de vida do produto de forma a maximizar a sustentabilidade ao longo do tempo, ao mesmo tempo em que apoia o crescimento dos negócios. As prioridades de sustentabilidade da empresa incluem design para produção e consumo responsáveis, transparência, iniciativas voltadas para as pessoas, programas de impacto social, projetos de energia renovável, educação de qualidade, inovação no setor e ação climática.

“Acredito que a manufatura global está em uma encruzilhada”, disse o CEO da Stratasys, Dr. Yoav Zeif. “Devido à crescente pressão para enfrentar os desafios da cadeia de suprimentos e as necessidades de eficiência energética, a impressão 3D está sendo cada vez mais explorada para atender a esses objetivos de negócios. Acredito que durante 2022 e na próxima década, o rápido crescimento na adoção da impressão 3D em escala de fabricação trará inovação adicional ao mercado, melhorará as cadeias de suprimentos e reduzirá o impacto ambiental.

stratasys
Fonte:(https://www.3dprintingmedia.network)

“Com adoção crescente, plataformas de software avançadas e colaboração com clientes líderes do setor em todo o mundo, o portfólio da Stratasys continuará a fornecer tecnologia transformadora para dar suporte à fábrica do futuro.

“Junto com nosso propósito corporativo de capacitar as pessoas a criar sem limites para um mundo econômico, personalizado e sustentável, este relatório reflete nosso profundo compromisso com uma estratégia ESG abrangente e líder do setor.”

Há um crescente reconhecimento do potencial da manufatura aditiva para atingir metas ambientais, reduzindo o consumo de energia e o desperdício. Por exemplo, quando comparado aos métodos tradicionais de fabricação, como o controle numérico computadorizado (CNC), durante o qual os materiais são cortados e o excesso é descartado, a impressão 3D pode reduzir os custos dos materiais e reduzir o desperdício em quase 90%, enquanto reduz o consumo de energia em 25 a 50%.

 Além disso, indústrias como a aeroespacial estão mostrando um interesse crescente em peças de polímeros leves, que são projetados para melhorar a economia de combustível sem comprometer a durabilidade e a confiabilidade. Uma companhia aérea global descobriu que a redução de uma libra (0,45 kg) de peso de uma aeronave pode economizar até 14.000 galões (53.000 litros) de combustível por ano, gerando economias substanciais ao longo de seu ciclo de vida. A Stratasys estima que o mercado de impressão 3D de polímeros apenas na aviação crescerá para US$ 1,6 bilhão até o final de 2025, uma taxa de crescimento anual de 18%, auxiliada por avanços em peças leves impressas em 3D.

O papel que a impressão 3D pode desempenhar no avanço de programas de impacto social, como oportunidades de educação STEAM e empreendedorismo, também continua ganhando apoio. Por exemplo, a Stratasys criou um programa de “aprender fazendo” com o Município de Jerusalém que abrange escolas estaduais laicas, religiosas estatais, religiosas independentes e árabes. Nos EUA, a empresa está patrocinando a FIRST Robotics Competition para alunos do ensino médio e forneceu acesso a dezenas de impressoras 3D.

“Como fornecedor líder global de soluções de impressão 3D de polímeros, temos a capacidade de causar um impacto mensurável em alguns dos desafios mais prementes do mundo, desde a construção da circularidade na economia até a criação de oportunidades educacionais mais inclusivas”, disse Rosa Coblens, vice-presidente da Stratasys de Sustentabilidade. “Dada nossa posição como líder em sustentabilidade, este relatório demonstra nosso compromisso de longo prazo com a autoavaliação e melhoria contínuas, ajudar as indústrias a serem mais eficientes operacional e economicamente, reduzir a dependência da cadeia de suprimentos e melhorar nosso planeta.”

O Relatório ESG e Sustentabilidade da Stratasys 2020-2021 está disponível publicamente online em www.stratasys.com/sustainability Para saber mais leia a matéria completa no site.

Para continuar por dentro das principais novidades do mundo da manufatura acesse o nosso site.

categoria(s):

Marcus Figueiredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima
× Como posso te ajudar?