Nova versão do Vericut visa tornar os processos de manufatura mais inteligentes

Lançado oficialmente no início de agosto, a mais recente versão do software da CGTech, o Vericut 9.3,  realiza a simulação, verificação e otimização de máquinas para todos os tipos de usinagem CNC, processos de fabricação aditiva e híbrida. O software opera de forma independente, mas também se integra a todos os principais sistemas CAM.

A nova versão tem foco na criação de processos de fabricação mais “inteligentes” e eficientes com recursos que trazem dados sobre a máquina, as ferramentas e o estoque para melhorar a simulação e o fluxo de trabalho geral de manufatura. Melhorias foram feitas para fortalecer o núcleo do Vericut, incluindo verificação de colisão aprimorada, aumento do limite de eixos por subsistema e muito mais. Os dados da ferramenta de corte no Tool Performance Database e o monitoramento da máquina são apenas algumas das mudanças notáveis ​​nesta versão. Centenas de mudanças e melhorias orientadas para o cliente também foram abordadas nesta versão.

O novo Vericut

“O Vericut 9.3 fornece dados mais inteligentes para uma fabricação mais inteligente, dando aos nossos clientes os mais avançados recursos”, afirma Gene Granata, diretor de Gerenciamento de Produtos. “Com métricas de usinagem enriquecidas, taxa de avanço e otimização de deflexão da ferramenta, esta versão mais recente do Vericut cria programas NC altamente otimizados e seguros para executar em qualquer máquina CNC.”

“Na versão 9.3, o Tool Manager conecta os usuários a fontes de ferramentas online e a bancos de dados de ferramentas para importar ferramentas de corte ‘inteligentes’ com dados correspondentes para uso adequado. Um novo banco de dados de desempenho de ferramentas permite que até mesmo os que não são operadores de máquinas  escolham avanços e velocidades apropriados para usinar uma variedade de materiais comuns”, continua Granata. “Toda essa inteligência ajuda os programadores a usar e otimizar as ferramentas de corte da forma como foram projetadas, evitando ferramentas quebradas e possíveis danos a peças ou máquinas CNC.”

vericut
Com a utilização dos bancos de dados o software consegue trazer muito mais recursos.

“Notamos aumento de até 40% na vida útil da ferramenta e 30-40% de economia no tempo de ciclo de usinagem ao usar o Vericut Force”, diz Jason Mills, gerente de Engenharia da Advanced Manufacturing, Ltd. (AML). “O módulo é inestimável para nosso trabalho de produção, pois nos oferece uma vantagem competitiva. É bem fácil de entender. Simplesmente selecionamos o material do banco de dados e inserimos a geometria da fresa, que obtemos do fabricante da ferramenta. O Force então faz seus cálculos em segundo plano.”

Entre os aprimoramentos e novidades mais notáveis da nova versão, destacam-se:

Construa, gerencie e reutilize montagens – Use o Assembly Manager do Vericut para criar e gerenciar partes de suas máquinas NC, como configurações de mesa rotativa, cabeçotes angulares para usinagem, sensores de extremidade de robô ou várias configurações de fixação com acessórios e peças de trabalho a serem usinadas. A biblioteca de montagens economiza tempo do programador, pois são facilmente acessadas por outros e para uso repetido em novos projetos Vericut.

– Melhorias de status e HUD -Simplifique a usinagem e as informações vistas na Janela de Status e no Head Up Display (HUD). O HUD pode ser atualizado automaticamente para corresponder às informações de status visíveis ou usar o “Modo de edição de visibilidade de campo” para editar simultaneamente as configurações de status e HUD. Os usuários podem bloquear e desbloquear a visibilidade dos grupos de status para manter o mesmo layout para cada projeto Vericut que abrirem no futuro.

–  Melhorias na otimização do Force – Obtenha melhor qualidade das peças usinadas e maior vida útil da ferramenta e do mancal do fuso com melhorias feitas no Force. Os cálculos de deflexão foram atualizados para levar em conta todo o conjunto da ferramenta rotativa, incluindo fresas de pastilhas intercambiáveis ​​e fresas de arquivo de modelo. Os usuários também podem adicionar limites de taxa de remoção de volume (VRR) a todos os cortadores. Análise e otimização para ferramentas redondas sólidas e fresas complexas também foram adicionadas.

– Banco de dados de desempenho de ferramenta (TPD) e dados de otimização de máquina (MOD) – O Tool Manager do Vericut agora inclui um Tool Performance Database (TPD) que sugere valores iniciais de velocidade do fuso e taxas de avanço para usar com fresas em uma ampla variedade de materiais de estoque. Esses dados funcionam com os Dados de Otimização de Usinagem (MOD) no Gerenciador de Ferramentas da Vericut. O MOD exibe uma tabela de velocidades do fuso e taxas de avanço que ajuda os programadores a escolher velocidades de corte apropriadas e valores de espessura de cavacos com base na ferramenta de corte usada e no material que está sendo usinado.

– Monitoramento de máquinas CNC – Obtenha dados diretamente das máquinas CNC no chão de fábrica para uso no Vericut. A primeira funcionalidade de conectividade lançada com o Vericut 9.3 é o Pre-Check, que obtém dados das máquinas para garantir que a máquina virtual do Vericut seja o melhor “gêmeo” possível e valida as informações de configuração do trabalho na máquina de acordo com o que foi verificado no Vericut. Os usuários podem identificar as principais diferenças para que saibam exatamente o que acontecerá antes de executar a peça em sua máquina. Para saber mais sobre o novo Vericut acesse o site.

Para continuar por dentro das principais notícias do mundo da indústria acesse o nosso site.

categoria(s):

Marcus Figueiredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima
× Como posso te ajudar?