Fórum Brasil África 2022 esta semana com a temática: “Cidades Sustentáveis: Desafios globais, soluções locais”

Evento que possibilita boas práticas, boas experiências e facilita as parcerias entre o Brasil e o continente africano acontece no WTC Events, em São Paulo, nos dias 29 e 30 de novembro.

Depois de dois anos sem edição presencial por conta da pandemia da Covid-19, o Fórum Brasil África (Brazil Africa Forum – BAF) retorna, nos dias 29 e 30 de novembro (terça e quarta) de 2022, ao WTC Events São Paulo.

Com o tema “Cidades Sustentáveis: Desafios globais, soluções locais”, o BAF 2022 chega para inspirar gestores brasileiros e africanos para uma agenda urbana mais justa, democrática e sustentável, com objetivo de repetir o sucesso dos anos anteriores, quando também reuniu vários Chefes de Estado, agentes governamentais, líderes de agências de fomento e instituições financeiras, além de representantes do setor privado e sociedade civil.

Segundo, explica o professor João Bosco Monte, fundador e presidente do IBRAF, na programação de 2022, haverá nove eixos com temas-chave: Infraestrutura, Saúde e Saneamento, Mobilidade Urbana, Energias Renováveis, Gestão de Resíduos, Agricultura Urbana, PPPs, Esportes e Indústria Criativa.

Professor João Bosco Monte, presidente do Instituto Brasil África (IBRAF)
Professor João Bosco Monte, presidente do Instituto Brasil África (IBRAF)

Ainda estão previstas na programação sessões plenárias com palestrantes convidados nas suas áreas de especialização, eventos paralelos e showcases sobre temas relacionados a políticas públicas e planejamento urbano. Isso tudo, claro, com transmissão ao vivo e com tradução simultânea (francês, inglês e português) por meio das redes sociais do IBRAF, que possibilitará a participação de pessoas onde quer que elas estejam.

Ao chegar em sua 10ª edição, o Fórum se consolida como o encontro gerador de oportunidades entre o Brasil e a África, ao buscar melhorias e aperfeiçoamento, tanto de instalações físicas, com infraestrutura, energia e saneamento – além de treinamentos educacional e técnico ligados à tecnologia – com presenças de lideranças africanas e brasileiras, assim como um time especializado de palestrantes que marcaram presença ao longo dos anos.

Professor João Bosco Monte, presidente do Instituto Brasil África (IBRAF)
Professor João Bosco Monte, presidente do Instituto Brasil África (IBRAF)

Conforme explica João Bosco Monte, Presidente do Instituto Brasil África, que é Doutor em Educação pela Universidade Federal do Ceará, “Das 10 economias que mais cresceram, sete estão no continente africano. Hoje, a população está em torno de 1,4 bilhão de habitantes. Em 2050, a expectativa é que tenhamos quase 3 bilhões de pessoas residindo lá. É preciso virarmos nossos olhos para a África. Lá há ótimos negócios em potencial”.

Com Pós-doutorado na Universidade de Brasília (UnB), com o foco da pesquisa na integração do continente africano, o professor João Bosco já esteve em 46 dos 54 países do continente africano, sendo que em muitos deles por mais de uma vez (em alguns várias vezes, já tendo ido para lá cinco vezes somente em 2022). Para ele, não só como um estudioso de lá, mas também consultor internacional para organizações brasileiras e estrangeiras, colunista e comentarista de veículos de comunicação relevantes no Brasil sobre o tema, o BAF 2022 destacará experiências locais bem-sucedidas com o objetivo de inspirar gestores brasileiros e africanos, além de europeus e americanos, para uma agenda urbana mais justa, democrática e sustentável.

Sendo assim, a necessidade de debater a questão das cidades sustentáveis no Brasil e na África, dentro de um cenário mundial cada vez mais ascendente na área socioambiental, faz do Fórum Brasil África 2022 uma oportunidade essencial de discussão de boas práticas, troca de experiências e formação de parcerias.

“O Brasil e a África abrigam várias das cidades mais importantes do mundo, algumas com dezenas de milhões de pessoas e outras com dotes naturais inigualáveis, dinâmica política única e desenvolvimento econômico proeminente. São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Brasília e Porto Alegre, do lado brasileiro, Lagos, Kinshasa, Joanesburgo, Nairóbi e Cairo, do lado africano, para citar alguns, são grandes exemplos do que pode ser alcançado no nível de desenvolvimento sustentável. Essas cidades enfrentam barreiras comuns e estão prosperando com ideias inovadoras, precisando apenas de um brilho para abalar o status quo e transformar a vida de inúmeros cidadãos”, diz o Professor João Bosco Monte.

Serviço:

Fórum Brasil África 2022

Data: 29 e 30 de novembro (terça e quarta)

Horários:

29/11 – 10h-16h30 (seguido de coquetel, das 20h às 22h)

30/11 – 8h30 – 16h30

Local: WTC Events Center, São Paulo (SP)

Para saber mais sobre o evento acesse o site: https://forumbrazilafrica.com/pt/principal/

Para continuar por dentro dos principais eventos da indústria acesse o nosso site.

categoria(s):

Marcus Figueiredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top
× Como posso te ajudar?