Sintratec atualiza software para impressão 3D

A Sintratec, fabricante da impressora SLS 3D, lançou uma atualização de software projetada para ajudar as empresas a otimizar a maneira como embalam o volume de construção do sistema durante a produção.

Sintratec Impressora 3D
Legenda: Sintratec.

Lançado como uma atualização para o software central da empresa, o add-on usa um algoritmo para organizar automaticamente as peças dentro do volume de construção da impressora, permitindo que os usuários da máquina obtenham a melhor densidade de embalagem possível. 

Ao fazer isso, o CTO da empresa, Christian von Burg, diz que a atualização permite que otimizem seu rendimento de cada tiragem, tornando o “quebra-cabeça” atual de colocar as peças manualmente “uma coisa do passado para os clientes da Sintratec”. 

A abordagem SLS escalável da Sintratec 

Desde que foi fundada na cidade Suíça de Brugg em 2014, a Sintratec estabeleceu um forte portfólio de impressoras SLS 3D compactas e com periféricos integrados. Embora a empresa tenha lançado seu kit Sintratec de baixo custo há cinco anos por apenas € 5.000, o produto continua sendo parte de sua oferta principal para clientes de prototipagem e continua a atender às necessidades de usuários nos setores médico, industrial e educacional. 

Empresa atualiza software de impressora 3D.
A impressão 3D hoje é um processo com grande aplicação industrial, e a tendência é que com o tempo ganhe mais espaço no mercado.

Em conjunto com seu  kit básico, a empresa também comercializa o Sintratec S2, que é projetado especificamente para permitir que os usuários escalem suas operações conforme seus negócios crescem. Composto por uma estação de sinterização a laser, unidade central de material e estação de manuseio de materiais, o S2 oferece aos usuários uma solução única e independente que permite que eles mudem sem problemas de uma etapa do processo para outra. 

No passado, o sistema escalonável da Sintratec frequentemente encontrou aplicações automotivas, com a Daimler instalando a máquina em uma de suas filiais da Baviera para peças sobressalentes de ônibus e caminhões de impressão 3D em 2019. Da mesma forma, os alunos da ETH Zurich já projetaram uma motocicleta elétrica funcional usando o software da empresa, uma oferta que agora está atualizando com o objetivo de “abrir possibilidades completamente novas para AM”.

Otimização de alinhamento automatizado

Atualmente, a impressão SLS 3D muitas vezes exige que os usuários posicionem manualmente os modelos dentro do volume de produção de uma máquina antes de entrar na produção, para otimizar o número de peças produzidas por cada lote. De acordo com a empresa, no entanto, esse tempo e processo intensivo de material podem levar a “resultados medíocres”. Portanto, com sua nova atualização, a empresa se comprometeu a automatizar esse elemento de preparação da impressão. 

Aproveitando a atualização de software da empresa, os usuários agora podem simplesmente importar seus modelos 3D para o software central e o “nester” analisará e distribuirá essas peças para obter resultados de impressão ideais. Os adotantes podem até selecionar configurações diferentes para atingir seus objetivos específicos do projeto, permitindo-lhes escolher entre ir tudo na densidade de embalagem ou se concentrar em obter uma orientação de componente desejada.

Nester Sintratec
Fonte: Sintratec.

Após as tiragens de nove modelos de teste, a empresa descobriu que o rendimento desbloqueado pela atualização do  software aumentou sua produção de 78 para 114 peças, reduzindo seu custo agregado de $ 5,75 para $ 3,79. 

Alinhamento peças nesting Sintratec.
Fonte: 3DTruck.

Quando implantado ao longo de 100 trabalhos de impressão, a empresa estima que sua solução de agrupamento poderia economizar aos adotantes até 50 horas de trabalho, 47 kg de pó e 800 horas de tempo de impressão. 

Soluções de alinhamento de impressão 3D

Dada a natureza demorada da organização manual do volume de construção, não é surpreendente que os desenvolvedores estejam começando a atualizar os recursos de alinhamento de suas ofertas de software. Em dezembro de 2020, a CoreTechnologie adicionou uma nova função de alinhamento ao seu programa 4D_Additive, que utiliza algoritmos de ML para fornecer aos usuários um volume de compilação organizado uniformemente. 

Da mesma forma, o Link3D lançou uma atualização True Shape Nesting em 2019 que foi projetada para ajudar os usuários a encontrar uma estratégia de alinhamento ideal com base na forma de qualquer modelo 3D. Compatível com máquinas MJF e SLS, o programa novo e aprimorado permitiu que os adotantes utilizassem qualquer orientação para as peças, incluindo o eixo Z. 

A cada dia o processo de impressão 3D vai ganhando mais espaço dentro da indústria e soluções de melhoria para esse processo tendem a se desenvolver com o intuito de  aumentar a eficiência e reduzir custos. A melhoria do alinhamento das peças é um caminho muito promissor para esse objetivo. Para entender melhor sobre o software, leia a matéria na íntegra e acesse o site da empresa.

Para continuar aprendendo mais sobre o mundo da manufatura aditiva leia nosso site.

categoria(s): ,

Marcus Figueiredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima
× Como posso te ajudar?