BYD vai instalar três fábricas na Bahia e investir R$ 3 bilhões

A BYD, fabricante chinesa de veículos elétricos, assinou protocolo de intenções com o governo do Estado da Bahia, para instalar três fábricas no Estado, com investimento de R$ 3 bilhões. Como já se especulava desde o início deste ano, especialmente após a visita de do governador do Estado Rui Costa à sede da filial brasileira, em Campinas (SP), em maio, a empresa irá ocupar as antigas instalações da Ford, em Camaçari.

Considerada uma das maiores fabricantes de veículos elétricos do mundo, a BYD irá produzir caminhões e ônibus elétricos numa das fábricas; na outra, automóveis híbridos e elétricos. A terceira unidade irá processar lítio e ferro-fosfato para a produção de baterias elétricas.

byd
Fonte: (https://www.usinagem-brasil.com.br)

Conforme o cronograma divulgado pelo governo baiano, todas as unidades começam a ser implantadas em junho de 2023. Duas delas devem estar concluídas em setembro de 2024, com início de operação em outubro. A terceira tem conclusão prevista para dezembro do mesmo ano, com início de operação em janeiro de 2025.

Segundo a nota divulgada pelo governo, “a implantação de uma indústria química para processamento de lítio e ferro fosfato constitui, de acordo com o protocolo, a primeira fase do empreendimento. Esta unidade utilizará como insumos o lítio extraído no Brasil. A produção desta unidade será exportada para a China”.

Em paralelo, será implantada a fábrica de chassis para produção de ônibus e caminhões elétricos – os ônibus lá produzidos irão abastecer o mercado das regiões Norte e Nordeste do Brasil. A produção de veículos de passeio elétricos e híbridos compreende a terceira fase do acordo. O protocolo prevê ainda que a BYD analisará a viabilidade da importação de veículos acabados pelo porto de Salvador.

PENDÊNCIAS

Segundo o jornal A Tarde, da Bahia, a BYD informou, via assessoria de imprensa, “que ainda há pendências em análise, mas tão logo tudo seja resolvido, faremos um comunicado oficial”.

Entre estas pendências, estaria a necessidade de ampliação da linha férrea existente para atender às necessidades da montadora, além de eventuais contrapartidas financeiras para a Ford. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari, Julio Bonfim, teria dito à Automotive Business que a Ford “pode pleitear uma espécie de ressarcimento por melhorias feitas na unidade”.

“A Ford terá de entregar a fábrica, porque o terreno e a estrutura pertencem ao governo da Bahia, uma vez que, pelo contrato de concessão firmado em 2002, a montadora se mantém proprietária dos ativos apenas se seguir com atividade produtiva, o que não é o caso”, afirmou Bonfim, “O maquinário a Ford já retirou do local”.

A BYD deve se instalar no local nos mesmos moldes da Ford, por meio de concessão estadual. A empresa contará com incentivos fiscais até o final de 2032, de acordo com a legislação tributária estadual. Os benefícios baseiam-se na Lei nº 7.537/99 que institui o Programa Especial de Incentivo ao Setor Automotivo da Bahia (Proauto), e na Lei nº 7.980/2001 e Decreto n.º 8.205/2002, estaduais, que institui o Programa de Desenvolvimento Industrial e de Integração Econômica (Desenvolve).

Como contrapartida, a empresa assumiu compromisso de elaborar um plano de negócios detalhado, que deverá ser aprovado pelo Estado, além de promover o treinamento e a capacitação de mão de obra especializada, prioritariamente local, a ser aproveitada no processo fabril. Também deverá aderir ao Projeto Estadual de Incentivo à Primeira Experiência Profissional – Estágio, Aprendizagem e Ocupação Formal (Projeto Primeiro Emprego).

byd
Fonte;(https://www.usinagem-brasil.com.br)

Projetos BYD na Bahia

A BYD já participa de outros projetos em investimento na Bahia, como da parceria Público-Privada para a construção e operação do VLT do Subúrbio, modal 100% elétrico, que irá substituir os trens de subúrbio, que liga a região metropolitana ao centro de Salvador. Trata-se de um projeto que tem contrato de R$ 1,5 bilhão, para o qual foi constituído o consórcio Metrogreen Skyrail Concessionária da Bahia S.A. (Skyrail Bahia), do qual a BYD é uma das integrantes.

A empresa também forneceu cinco ônibus 100% elétricos, que integrarão o transporte no trecho Mapele/Ilha de São João X Terminal Pirajá em Salvador. Os veículos são operados pela Expresso Metropolitano a serviço do Governo do Estado da Bahia e atendem à demanda da população durante o período de obras do VLT do Subúrbio. Para saber mais acesse o site.

Para continuar por dentro das principais notícias do mundo da engenharia acesse o nosso site.

Marcus Figueiredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
× Como posso te ajudar?