6 razões para expandir sua formação acadêmica e profissional estudando no exterior

Programar uma formação acadêmica fora do país não é, nem de perto, planejar uma viagem de férias. Esta é uma decisão muito importante, que pode mudar completamente a trajetória de uma carreira. Todo intercâmbio acadêmico tem o seu valor. Estudar no exterior pode mudar nossa visão de mundo, inclusive como entendemos nosso papel como personagens numa rede global de trabalhadores capazes de atuar para encontrar soluções e mudar realidades.

Óbvio que uma formação acadêmica em outro país pode ter um preço muito alto – pensando em valores financeiros e distância do país e da família. Agora, pode ter um retorno positivo. Quer ser convencido disso? Que tal estudar no exterior? Montamos uma lista de boas razões.

1. Ampliar chances de emprego com um currículo mais robusto

Adicionando uma formação acadêmica internacional ao seu currículo, o que seja um diferencial para os empregadores. Inclusive, fazendo estágios ou trabalhando como voluntário no exterior, pode-se adquirir experiência prática e habilidades em áreas específicas.

2. Expandir habilidades e conhecimentos em diversas áreas de estudo

Estudando em uma universidade ou instituição de ensino estrangeira, pode-se ter acesso a cursos e programas de estudo que não estão disponíveis em sua universidade ou país. O ambiente de sala de aula é multicultural, apresentando diversas perspectivas e metodologias de ensino.

3. Desenvolver habilidades pessoais e profissionais, incluindo fluência em idiomas, através de uma imersão cultural

Fazendo intercâmbio acadêmico, você terá a oportunidade de estudar em uma universidade estrangeira, tendo contato constante com a língua, com aulas ministradas na língua alvo. Vale participar de programas de imersão linguística, onde você terá aulas intensivas de língua. Ainda dá para viver com uma família anfitriã, onde você terá a oportunidade de praticar a língua todos os dias e adquirir fluência mais rápido. Sem contar amizades com nativos; praticando com eles, você pode se acostumar ao ritmo e ao vocabulário.

4. Ganhar maturidade e autonomia através de vivências significativas

Estudar no exterior pode ser uma excelente maneira de desenvolver maturidade e independência, pois força as pessoas a sair de sua zona de conforto e enfrentar desafios desconhecidos. Afinal, se adaptar a uma nova cultura e ambiente, pode ser desafiador, mas também enriquecedor.

formacao
Sair da zona de conforto é uma das vantagens da experiência.

5. Ampliar repertório cultural e consciência global através do contato direto com outras realidades

Além de participar de cursos e programas de estudo, experimente diferentes tradições, comidas, músicas, artes, entre outros aspectos culturais. Busque fazer amizades com professores e colegas, que é uma oportunidade de aprender sobre novas tradições, crenças e modos de vida. Por fim, visite museus, teatros, parques e outros lugares turísticos para aprender sobre a história e a cultura do país em que está fazendo intercâmbio.

6. Construir uma rede global de conexões e amizades

Estudar no exterior pode ser uma excelente maneira de ampliar sua rede de contato, pois permite que você conheça pessoas de diferentes áreas e culturas.

formacao
Além disso é possível fazer amizades com novas pessoas.

Para isso, participe de atividades extracurriculares ou organizações estudantis; programas de estágios ou voluntariado; e de eventos e conferências relacionadas à sua área de interesse. E não esqueça de explorar as redes sociais, grupos de discussão e outras ferramentas digitais para se conectar com outros estudantes e profissionais de sua área. Para saber mais sobre estudar fora acesse o site.

Para continuar por dentro das principais novidades do mundo da indústria acesse o nosso site.

categoria(s):

Marcus Figueiredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top
× Como posso te ajudar?